Programa Educativo

PROGRAMAÇÃO TEMPORÁRIA 

OFICINAS LUDICO-PEDAGÓGICAS – MUSEU INTERNACIONAL DE ESCULTURA CONTEMPORÂNEA

EXPOSIÇÃO “DEPOIS DE MARTE” – FERNANDO CASÁS (18.05.2019 a 08.09.2019)

a) Oficina escolar de escultura 

“Mão na massa”

No Museu Internacional de Escultura Contemporânea, podemos encontrar muitas esculturas com materiais muito diversos: pedra, ferro, alumínio, madeira… Mas, e se os escultores usassem massa?

Nesta oficina, as crianças são convidadas a construir uma escultura com vários materiais, mas com um ingrediente especial que normalmente é usado na cozinha: massas de diferentes formas e tamanhos.

b) Oficina escolar de arqueologia 

“Peça a peça”

Muitas foram as obras de arte do tempo do Império Romano que sobreviveram até aos dias de hoje. Algumas podem ser observadas nos museus, mas outras estão exatamente no local onde foram encontradas. É o caso dos lindos mosaicos que se encontram em muitas das casas romanas espalhadas pelo país. Por esse motivo, os participantes desta atividade vão poder fazer o seu próprio mosaico, para levarem consigo, como se de uma peça de museu se tratasse.

c) Oficina familiar de escultura

“Viagem ao MIEC”

Não é tão bom viajar? Trazer uma mala cheia de recordações? No bolso um pequeno íman para colocar no frigorífico e poder sonhar sempre que a fome aperta? Mas todos sabemos que viagens longas nem sempre são possíveis. No entanto, o MIEC convida as famílias a viajar no seu interior, conhecer coisas novas sem quase sair do lugar. E para recordar também podemos criar uma escultura que se poderá juntar a todas as memórias que habitam o nosso frigorífico.

 

PROGRAMAÇÃO TEMPORÁRIA 

OFICINAS LUDICO-PEDAGÓGICAS – CENTRO INTERPRETATIVO DO MONTE PADRÃO

a) Oficina escolar de arqueologia 

“Escavar, limpar, registar”

Ser arqueólogo é fascinante, mas também muito desafiante. A escavação pode ser comparada com um livro do qual vamos lentamente arrancando as páginas, que não podem voltar a ser coladas. Por isso, durante o trabalho de campo é importante recolher o maior número de artefactos, registando tudo o que se vê. A esta tarefa segue-se a limpeza do espólio recolhido. Nesta oficina de arqueologia as crianças terão a possibilidade de realizar todas estas atividades.

“Restauro”

Ser arqueólogo é fascinante, mas também muito desafiante. A escavação pode ser comparada com um livro do qual vamos lentamente arrancando as páginas, que não podem voltar a ser coladas. Por isso, durante o trabalho de campo é importante recolher o maior número de artefactos, registando tudo o que se vê. A esta tarefa segue-se a limpeza do espólio recolhido. Nesta oficina de arqueologia as crianças terão a possibilidade de realizar todas estas atividades.

 

PROGRAMAÇÃO PERMANENTE – VISITAS ORIENTADAS

a) Visitas orientadas arte-arqueologia-arquitetura: Sessões facilitadas pela equipa do Museu permitindo aprofundar o conhecimento sobre os respetivos acervos museológicos. Estes percursos tomam como centro da sua atenção as exposições patentes em ambos os Museus, articulando de forma integrada conteúdos transversais que vão desde a arte contemporânea à arqueologia passando pela arquitetura, procurando ajudar-nos a conquistar a liberdade de questionar e partilhar perceções recorrendo a dinâmicas de jogo e pequenas experiências lúdicas.

b) Visitas orientadas Parque escultórico: Percursos com duração de 2 horas pelo acervo ao ar livre da coleção de escultura contemporânea, nos seus diferentes núcleos.

b) Visitas orientadas ao Centro Interpretativo do Monte Padrão: ações destinadas a conhecer a ocupação Proto-histórica, romana e medieval de Monte Córdova. Incluem a visita ao Castro do Padrão e um contacto direto com a cultura material dos diferentes momentos de ocupação da estação arqueológica disponível no Centro Interpretativo.

* Todas as atividades carecem de marcação prévia