Mauro Staccioli

Itália, 1937

Mauro Staccioli nasceu em Volterra, Itália, em 1937 e graduou-se na Escola de Arte da mesma cidade em 1954. O início da sua carreira artística está ligado ao ensino e às atividades política e intelectual: em 1960 mudou-se para a Sardenha, para lecionar em Cagliari, fundando por essa altura o Gruppo di Iniziativa (Grupo de Iniciativa) juntamente com outros jovens artistas e intelectuais; foi diretor da Escola de Arte de Brera, Milão, em 1974/75 e novamente em 1978/79; e posteriormente dirigiu a Escola de Arte de Lovere, Bérgamo.

Depois de um período inicial onde trabalhou com desenho e gravura, no final dos anos 60 dedica-se à escultura, interessando-se pela relação entre a arte e a sociedade e desenvolvendo desde então uma prática escultórica onde as características do espaço para onde cria as suas obras se tornam parte intrínseca das mesmas. Em 1972 organiza a exposição “Sculture in città”, uma série de “esculturas-intervenções” realizadas no espaço urbano na cidade de Volterra, um evento decisivo para o desenvolvimento da sua obra. Participa nas 37ª e 38ª Bienais de Veneza, em 1976 e 1978 respetivamente, desenvolvendo desde então uma linguagem escultórica caracterizada pelo uso de materiais como o betão ou o ferro, e pela utilização de formas simples (o círculo, o arco, o anel) que o artista define pelo confronto com a arquitetura ou com a natureza dos lugares para onde trabalha.

Expondo individualmente desde 1972, tem participado em várias exposições individuais e coletivas na Europa e nos Estados Unidos. Destaca-se uma das suas maiores exposições individuais, “Places of Experiences”, realizada em Volterra em 2009 e mais recentemente as individuais “Mauro Staccioli”, 2014, no Chateau de Seneffe, Bruxelas, e “Mauro Staccioli – Drawings and Scultpures”, na Galerie Nardone e Artiscope, ambas em Bruxelas. Simultaneamente desenvolve trabalhos de arte pública com obras dispersas por cidades e jardins de diferentes países. Umas das suas esculturas mais recentes é Aruch, realizada para a Bienal Internacional de Escultura de Racconigi, no Real Castello di Racconigi, Cuneo, Itália, em 2013.

 

Scultura - Santo Tirso ’96 - Mauro Staccioli - III Simpósio 1996

 

Scultura - Santo Tirso ’96 - Mauro Staccioli - III Simpósio 1996

 

Scultura - Santo Tirso ’96 - Mauro Staccioli - III Simpósio 1996

 

Scultura - Santo Tirso ’96 - Mauro Staccioli - III Simpósio 1996

 

Scultura - Santo Tirso ’96 - Mauro Staccioli - III Simpósio 1996

 

Scultura - Santo Tirso ’96 - Mauro Staccioli - III Simpósio 1996